Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Línguas e Humanidades

por Ana, em 22.07.15

Tentei nunca dar ouvidos ao que os outros diziam. Durante os meus três anos de secundário o que eu mais ouvia era opiniões mal formadas sobre quem nunca frequentou o secundário ou quem nunca frequentou a área de línguas e humanidades. As mais comuns eram: "Só foste para aí para fugir a matemática", "Isso é fácil, é só decorar", "Isso não dá para nada, não devias de ter escolhido algo com saída?". Ainda domingo me questionaram sobre o curso que queria frequentar agora no ensino superior e ouvi mais uma boca: "Outra que vai estudar para nada".

Porquê tanta desvalorização?! Eu entendo que esta área não oferece tantas saídas profissionais e que não tem matemática, mas isso significa que nunca me esforcei? Que foi só decorar? Estão muito enganados, e posso garantir que nunca decorei matéria (claro que acabava por decorar uma coisa ou outra) e sempre fui das melhores notas a história. Decorar não é solução e muitos dos meus colegas sim, foram para Humanidades para fugir a matemática e tentavam decorar... E esses foram os que mais se lixaram, resultando em chumbos. E sim, eu sei que Ciências consegue ser muito mais complicado e eu vejo isso, tenho amigos e conhecidos em todas as áreas do ensino regular e do ensino profissional. Mas também conheço pessoas que são excelentes em Ciências mas que se viessem para letras afundariam-se. Isto porque todos temos mais vocação para uma determinada área. Eu escolhi Línguas e Humanidades, tal como indicava os psicotécnicos e foi a melhor coisa que fiz. Escolhi algo para a qual tinha jeito e acho que todos deviam fazer isso e não apenas por saídas profissionais.... Porque vamos lá ser sinceros... Hoje em dia qual é o curso que dá realmente garantia de um emprego? Infelizmente estamos todos rotos e agora funciona tudo muito à base de cunhas...

 Posso "estudar para nada" como me dizem, mas ao menos tenho uma licenciatura e uma formação mais enriquecida. Posso não ter matemática há três anos, posso não ter Física e Química, mas em três anos de secundário na área de Línguas e Humanidades aprendi imenso e enriqueci a minha pessoa a nível pessoal e cultural, se me tornei o que sou hoje foi muito graças às disciplinas que tive e a alguns professores. O que nós mais desenvolvemos é a capacidade de argumentação, interpretação e escrita. E sem desvalorizar os outros cursos, pois não sou assim, acho que todos têm a sua exigência, o que vejo mais é que os meus amigos de outras áreas não estão tão desenvolvidos a nível da escrita... Ás vezes vejo cada erro que até me assusta (claro que nem toda a gente é assim, salvo exceções).

Enfim, todos os cursos são importantes. Chega de rivalidades e de deitar abaixo. Falar sem saber... Na realidade todos precisamos uns dos outros...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

De Emy a 22.07.2015 às 15:17

Eu como aluna de ciências sei reconhecer que o nosso curso é mais complicado, complexo mas isso não significa que as pessoas devam desvalorizar qualquer que seja área, todas são importantes. É necessário que existam matemáticos como historiadores, cientistas como geográfos ou escritores, essas pessoas tem ignorância dentro de si. Apesar de o mercado estar difícil especialmente para a vossa área, no geral está mau para todos... Por isso não oiças opiniões alheiras e dá o teu melhor, como tu disseste e bem, a licenciatura vai enriquecer-te ainda mais!

De Bá ♥ a 22.07.2015 às 21:31

Andei nos dois cursos e tive de me esforçar para ambos, portanto isso de as Humanidades ser mais fácil é um mito que já devia ter sido ultrapassado. Actualmente estou num curso de Línguas e tenho bastante saída de emprego, portanto percebo perfeitamente a tua "revolta" mas não te deixes afectar por isso!!

De Cris a 23.07.2015 às 12:12

Quem é realmente bom nada tem a temer nem se deve deixar ir abaixo por esses comentários. Se nasceste para esse curso qual é o problema? Se fossemos todos iguais não tinha piada nenhuma.
Faz a tua vidinha e deixa esses comentários de lado. Eu também sinto que as pessoas não valorizam a profissão para a qual me estou a formar, mas olha, temos pena... Talvez se a minha profissão não existisse alguém de cada família teria de deixar de trabalhar para tomar conta das crianças. E é isso mesmo. As pessoas pensam que na minha profissão é só tomar conta, mas garanto que é muito, mas muito mais que isso (desculpa o desabafo!)...
Beijinhos*

De Effy_Edwards a 23.07.2015 às 22:18

Apesar de ter andado em Ciências forçada (os meus pais não toleravam a ideia da sua filha ir para Humanidades) concordo imenso com o que disseste. Aliás, vou acabar por seguir um curso que nada tem relacionado com Ciências, mas sim com línguas e humanidades. E honestamente acho que me vai fazer falta, pois vou andar com pessoas que por 3 anos adquiriram conhecimentos e como dizes experiência na escrita, e aqui vou eu que andei 3 anos a batalhar com matemática e com disciplinas que odiava. Felizmente consegui um média decente, aliás muito melhor que colegas meus que queriam cursos da área de ciências, mas acabei por ficar um ano literalmente parada, por causa de ter não passado a matemática no exame (por apenas 5 décimas), apesar de todo o esforço. Portanto apoio-te imenso, adorei o texto e a opinião pois não podia concordar mais!
Desejo-te toda a sorte do mundo :D

De Cris a 24.07.2015 às 17:04

Há crianças mais fáceis e crianças mais difíceis. Tal como tudo na vida... Mas o meu problema não são bem as crianças, mas sim os pais. Isso sim faz-me cabelos brancos e ainda não comecei...
Muito obrigada por seres das poucas pessoas que valoriza (pelo menos das que eu conheço).

Beijinho*

De sacha hart a 24.07.2015 às 23:36

Odeio que desvalorizem as Humanidades. Já imaginaram que se não existisse este curso, a cultura, o legado e o património português perdia brilho? Reduziríamos-nos a números e estatísticas.

De Inês Vergas a 08.08.2015 às 22:16

Ouvi tantos comentários iguais, mas se fossemos a ligar as opiniões dos outros onde estávamos? A culpa é mesmo do governo que incutiu na sociedade portuguesa a ideia de que o curso de Ciências é o mais útil para governar a vida. Enfim....

De camellia a 02.12.2015 às 10:34

Não percebo como continuam a persistir nesses preconceitos em relação à área das Humanidades. Todas têm o seu valor e é bem melhor seguir o que queremos do que enveredar por um curso com o qual nos identificamos. Tal como tu dizes, não há saídas garantidas para ninguém.

Comentar post